terça-feira, 8 de agosto de 2017

Geddel pede à Justiça para tomar banho de sol e usar piscina de condomínio; MPF é contra


Em prisão domiciliar em Salvador, mesmo sem estar com tornozeleira eletrônica, o ex-ministro Geddel Vieira Lima pediu ao Tribunal Regional Federal da 1ª Região para tomar “banho de sol”. O político quer usar a área comum do condomínio onde vive, como piscina, academia e demais áreas de lazer. 

A Justiça pediu que a Procuradoria Regional da República (PGR) se manifestasse a respeito. A PGR afirmou ser contra a solicitação do ex-ministro, e apontou que como ele já está em sua residência, não precisa de “banho de sol”. O MPF lembrou, ainda, que os banhos de sol são prática adotada nos presídios, como na Papuda, onde Geddel chegou a ficar detido preventivamente.

Caberá ao desembargador responsável, no TRF, pelo caso de Geddel decidir se ele poderá tomar banho de sol. Geddel é acusado de liderar um esquema de corrupção na Caixa Econômica Federal. *Com informações da coluna Expresso, da revista Época. Agência Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário