quarta-feira, 6 de junho de 2012

Monstro que estuprou e matou filha de 2 anos em Itaparica diz que estava bêbado e não lembra

06/06/2012  atualizado ás 21:24

O pai acusado de estuprar, agredir e matar uma de suas duas filhas de apenas dois anos disse, em depoimento nesta quarta-feira (6), que havia ingerido bebida alcoólica e não lembra de ter cometido o crime brutal. Fábio dos Santos Miranda, de 30 anos, foi preso em flagrante na tarde desta terça (5), em Mar Grande, na Ilha de Itaparica. Ele confessou que agredia as garotas, que eram gêmeas, porque elas eram desobedientes. “Ele disse que batia porque as crianças não queriam obedecê-lo, mas em relação à situação do estupro, ele disse que tomou uísque e não se lembra”, contou o titular da 24ª Delegacia Territorial (DT/Vera Cruz), Lucio Ubiracê. Após a sessão de barbárie, o acusado, que é ex-presidiário, levou as duas crianças para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Mar Grande. Uma das meninas morreu antes de ser atendida no hospital. A médica que constatou a morte da criança suspeitou do pai e acionou a polícia. A outra menina permanece internada, mas não corre o risco de morrer. Para preservar a integridade física do detido, o delegado decidiu transferi-lo para outra carceragem. Ele deve chegar a Salvador na noite desta quarta onde ficará custodiado na 5ª Delegacia de Polícia, no bairro de Periperi. (BN)

Nenhum comentário:

Postar um comentário